.................d


26/02/2009

Faz de mim a tua balada
Serei pauta, serei nota
Serei até maestrina se assim o desejares...
.


Grava no meu corpo as partituras
Para quando me tocares
Ecoarem os sons do nosso querer!
.


(Som do Silêncio)

7 comentários:

martinha disse...

:))

E que os vossos quereres sejam divinos, tão divinos como esta música lindaaaa...

lindo texto
linda imagem
linda música

fica bem
martinha

LORENZO MONSANTO disse...

Gravar sons no corpo.
Gravar sílabas nas pontas dos dedos.

Ecoam as tuas palavras. Ecoam.

susaninha disse...

Que com aqueles dedos que só tu sabes, sejam tocados os sons que mais te encantam,e mais te tocam no coração, que a melodia seja feita de aromas sensuais que vos envolve em momentos de AMOR.

Bom fim de semana

Beijinhos

A.S. disse...

Este poema é uma melodia de emoções, tocada de improviso!...

Lindo!...

Um Beijo...

ZeManel disse...

Os sons em ti ecoarão,
A batuta, na ponta dos meus dedos estará,
O teu querer moldado será,
Na sinfonia que conjuntamente construiremos!
Beijos ;))

Angel disse...

Simpática...genial...lindo..um grande beijinho para ti desejos de um fim de semana cheio de Sonhos..=)

impulsos disse...

A simplicidade do dizer na beleza das tuas palavras, fazem a música que os corpos anseiam por sentir...

Beijo