.................d


11/01/2009

.
A palavra saudade....
Dou por mim a ter saudades de tantas coisas, que chego a questionar-me se alguma vez mais viverei certos momentos, ou foram apenas isso...apenas momentos.
Não sou uma pessoa agarrada ao passado, mas sou agarrada a situações. Algumas boas, outras menos boas, mas que de uma forma ou de outra, marcaram-me e fizeram de mim a pessoa que hoje sou.

"É a vida, ensina", ouço muitas vezes. Sim, de facto ensina, mas então, porque fico com saudades? Se ensina, aprendi. Se aprendi, já sei como é. Então...se já sei como é, porque quero novamente? É para ficar com saudades?
Sei que desta vida nada mais levo senão momentos....recordações. Questiono-me então...levo saudades?
Se é para levar recordações, então quero voltar a viver algumas situações. Não que não me recorde das que vivi, quero é voltar a senti-las...algumas.

Quero voltar a ver o sorriso do meu pai, quero voltar a ouvir o choro da minha obra de arte, quero voltar a sentir quando dei por mim a andar de bicicleta sozinha ao fim de um número imenso de quedas, quero voltar a sentir os mimos da minha avó...
Muitas mais poderia enumerar...são tantas...as saudades!

Outros momentos dispensava. A viagem sem retorno do meu pai, quando mudei de cidade e deixei alguns dos meus sonhos para trás, o adeus que tive que dizer em várias situações...
.
Mas a vida ensina não é?
Sei que tenho muito pela frente ainda para aprender, costumo dizer que até o meu último suspiro irei aprender como é.
Sei que ainda irei ter muitas saudades dos momentos vividos...e dos que ainda me esperam.
Sei que ainda irei sorrir imenso, chorar imenso, sei disso tudo.
.
Tenho actualmente pessoas fantásticas que me rodeiam. Algumas irei conhecer. Quero aproveitá-las ao máximo. Se a vida dá-me momentos, quero levar os melhores.

Mas sei...que alguns momentos nunca mais os posso viver...e tenho saudades...


Dedico este post ao meu pai e a quem faz parte da minha vida. Não preciso de dizer nomes...

(Som do Silêncio)

12 comentários:

ZeManel disse...

Li algures que
o tempo pode-nos trazer a saudade,
nunca o esquecimento...
O teu post tocou num assunto muito sério, muito pessoal, pelo que fiquei sem palavras para o comentar...
"Sei que desta vida nada mais levo senão momentos....recordações. Questiono-me então...levo saudades?
Se é para levar recordações, então quero voltar a viver algumas situações. Não que não me recorde das que vivi, quero é voltar a senti-las...algumas." - Esta tua afirmação marca claramente este teu post. Adorei!
Beijos :))))

bARAUJO disse...

e há que guardar todos esses momentos no álbum de RECORDAÇÕES que é... o coração!

beijo terno

Golfinho disse...

Saudade, a eterna palavra que o poeta canta, porque será?
Porque como uma cicatriz, é algo ou alguém que passa por nós e não desaparece, pode adormecer, mas fica sempre cá dentro.

E pode ser por múltiplos motivos, situações, momentos únicos ou pessoas únicas.
È verdade, há pessoas que são únicas e essas deixam-nos saudades.

Lindo Post, profundo nas palavras e no sentir.

Bj
Golfinho

Só Eu disse...

Olá Som
Espero estar incluido no rol desses alguns que irás conhecer. Quero lá estar nesse momento. Não sei dizer de outra maneira o quanto gosto da forma como escreves. Toca-me. E depois, quando se lê esta homenagem ao teu Pai, não se pode ficar alheio a tanta ternura.
Beijo-te com ternura
Ricardo

martinha disse...

olá amiga :)

obrigado pelo comentário no meu blog foi um prazer imenso receber-te :)
Som
este post toca. Toca de uma forma que foi impossivel conter algumas lágrimas...de sentimentos vividos e que lá está SAUDADE...

um beijo
martinha

Ana disse...

Adorei ler-te...
Senti um nó no estômago que nem sei explicar... porque conseguiste pôr em palavras aquilo que muitas vezes temos medo de pensar!

Fica bem!

Veronica Pereira disse...

Talvez sejam as saudades que nos constroem mais que qualquer outra coisa.. Percebo imensamente essas viagens sem retorno pois tambem o meu pai me foi levado numa.
Abraços

joão marinheiro disse...

Já não tenho palavras para comentar estas tuas, tão tuas. Logo eu que me farto de escrever a ausência e a saudade...
beijo a olhar o mar de olhos fechados...

poetaeusou . . . disse...

*
Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!
Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!
,
in-Machado de Assis
,
conchinhas,
,
*

Pierrot disse...

Bolas, fizeste-me lembrar do meu Pai carambas...
E o "curioso" é que era suposto lembrar-me dele nesta altura...
Ele há coisas!
Bjos daqui e "chapeau" minha amiga
Pierrot

Por entre o luar disse...

Adorei estet texto... temos sempre saudades, isso é inevitável... porque cada momento da nossa vida maca.nos, seja pela positiva ou pela negativa, o facto é que ele existiu*

Beijinhos e sorriso=)

variasformasdearte disse...

Nem é preciso... Basta o Som do Teu Silêncio :-)