.................d


27/04/2008

...

Fosses tu a água que me envolve...

Saberias o calor que sinto

Só de te pensar...

...

Fosses tu a água que me beija...

Saberias o sabor dos meus lábios

Que só a ti pertencem...

...

Fosses tu a água que me acalma...

Saberias a vontade que tenho

De te oferecer o meu corpo...

...

Fosses tu a água que me toma...

Saberias ao certo

Quem sou!
...




(Som do Silêncio)

15 comentários:

Maria disse...

Se não fosses tu quem mais poderia escrever este poema? :)

Um beijo enorme

Carol Barcellos disse...

Maravilha!!! Depois deste poema, apenas o Som do Silêncio...
Lindo demais, amei!!! Vou escrever no meu diário, para sempre lembrar destas palavras!

Beijos doces cristalizados, e um ótimo domingo!!! ;o*

Marinha de Allegue disse...

A auga tan vital e o silencio tan reparador, excelente dualidade...

Relaxante espazo.

Unha aperta.
:)

OUTONO disse...

"Fosses tu a água que me acalma...


Saberias a vontade que tenho


De te oferecer o meu corpo..."

NÃO RESISTO:

Fosses tu a minha palavra, eu seria o livro de rimas constantes...para o teu mar silencioso!

Gostei. Gostei muito!!!

Beijo.

Nilson Barcelli disse...

Bravo, este poema é muitíssimo bom.
Para além de sensual, está muito bem escrito. Parabéns.

Boa semana, beijinhos.

Baraújo disse...

a agua... a transparencia... a pureza... a calma...

... a turbulencia dos sentidos... que transporta em cada beijo... em cada vaga de olhares...

se nao fosse a agua haveria fogo... o fogo da paixao a consumir os corpos..

beijo terno

Joseph disse...

Som do Silêncio
Olá

Fosses tu a água.....

Que poema, mama mia!
Divinal.
Sensual.
Um must.

Beijos ternos;)**

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá, belo poema... Belíssimo, todos os engredientes para ser um sucesso!
Beijinhos,
Fernandinha

Dina disse...

AMEI!!!
Bj

Azul disse...

Bom dia Amiga!!!!

Bem... que dizer?!?!

Que gostei muito?! Isso tu sabes...

Beijocas
Azul

Marta Ribeiro disse...

Super sensual este teu poema de amor/desejo


beijinho

Francis disse...

Obrigado pelo comentário deixado no meu "cantinho"

Retribuo e faço-o com satisfação, pois encontrei aqui um sitio muito especial.

O texto, simplesmente delicioso.

Adorei

Bjs

_(without) fєєℓιиgѕ_ disse...

Peço desculpa pela invasão, mas amei este cantinho, de verdade. Que escrita deliciosa...^^
beijinho

DelfimPeixoto disse...

Há águas que passam... há águas que em nós ficam
Lindo o teu poema
jnhs

FM disse...

És e serás o que e quem quiseres, desde que não permitas que os outros te transformem naquilo que eles queiram que tu sejas.
Beijos com Essências.