.................d


13/03/2007

Apagar



"Se algum dia te arrependeres de algo...não apagues totalmente esse erro de ti. Sem ele não tinhas aprendido".
Em criança não entendia muito bem o porquê de me dizerem tal.
"Quando fores mais velha vais entender". E porque não me explicam agora? - perguntava eu.

Hoje, já mulher feita, entendo na perfeição o que me quiseram ensinar e tento passar essa ideia para o meu filho.
Não me arrependo dos erros que fiz ao longo da vida. Com eles amadureci, sofri, mas acima de tudo...aprendi.
"Podias não ter feito" algumas vozes me dizem. Sim, podia, mas sem eles como saberia se estava a fazer bem ou mal? Só passando pela situação é que sabia....e foi assim que aprendi.

Gostaria sim de apagar alguns momentos....
Momentos em que senti na pele o que é perder alguém que amamos....
Momentos em que odiei todas pessoas e mais algumas...
Enfim...momentos!

Mas não me arrependo do que fiz....arrependo-me sim do que não fiz.

(Som do Silêncio)

23 comentários:

João Cordeiro disse...

Tal como tu, querida amiga só me arrependo do que não fiz.
Belo texto.

Obrigado igualmente pelos teus sempre belissímos comentários.

Beijinho sonhador

Trivialidados disse...

Como diz o grande sábio, o pessoal aprende é com os erros. Um abraço.

rui disse...

Olá

E porque somos mais velhos e mais conscientes, já entendemos certos meandros da vida, mas muitas vezes foi necessário vivermos situações difíceis.
Gostei da maturidade com que abordas o tema.

Beijinho

Isto e meu...Silvia disse...

Ora nem mais...
Nunca te arrependes do que fizeste, mas sim do que NÃO fizeste." Uma grande verdade".

Um beijo:)

}}cleopatra{{ disse...

Olá!

A isso chama-se crescer... amadurecer...
Não se nasce ensinado e todos erramos ao longo das nossas vidas, mas e tal como dizes e muito bem:
"Mas não me arrependo do que fiz....arrependo-me sim do que não fiz."
No intervalo de um erro e de outro... vive-se!

Beijinho soprado

Pedro Branco disse...

Imagino o que seria a vida se pudessemos apagar momentos? Perdia-se, seguramente. Porque tudo era remediável. E o tempo deixaria, provavel e perigosamente de existir... A dor? A perda? Como tudo acabaria, seguramente, acabariam também os ganhos e as surpresas...

Percebo a ilusão do esquecimento. Na ternura de um crescimento melhor...

Prefiro a luta de um crescimento melhor. Mesmo na ilusão de uma ternura esquecida...

Somos o que vivemos. Nunca seremos programáveis!

Beijo cansado depois desta mediocre reflexão...

Carlos Gameiro disse...

Olá Som do Silêncio.

Quando perdemos oportunidades na nossa vida, por este ou por aquele motivo, aí sim, temos razões mais do que suficientes para sentir-mos arrependimento!

Beijitos...

Fofa disse...

Na vida, temos três fazes de aprendizagem: a dos pais, a dos professores e a do resto da vida!

Eu já aprendi: o único modo de evitar os erros é adquirindo experiência... mas a única maneira de adquirir experiência é cometendo erros!

Bjo fofo

lu@r disse...

E existe tanta coisa para fazer.

Beijo meu em ti

Jose disse...

Adorei este teu texto, diz-me muito.
Até numa de solidariedade amiga companheira de luta das palavras estou contigo.
Porra até me fez lembrar os anos da revolução.
Olha segue sempre os teus impulsos um pouco de loucura nunca fez mal a ninguém.


Um beijo miúda apaixonada.


José

Azul disse...

Olá Som do Silêncio!

Os erros fazem parte da nossa vida. É com eles que aprendemos e crescemos. Alguém que me era muito querido ensinou-me que entre o fazer e não fazer que fizesse sempre, mesmo que mal. Isso era mais importante do que ficar em nós a dúvida do que poderia ter sido...

Obrigada pela tua visita.
Eu voltarei aqui.
Bj
Azul

Pierrot disse...

Faz sempre o que queres fazer para que um dia não te arrependas de não fazer o que querias fazer.
Uma frase com tantas redundâncias como verdades...
E também concordo que se rapidamente devemos esquecer a trsiteza que sentimos nalgumas vivências, porém, a ocorrência deve ficar bem presente por forma a aprendermos algo com a vida.
Bjos daqui
Eugénio

Thiago Forrest Gump disse...

Temos mesmo que evitar os arrependimentos, porque esses são amargos e nos fazem mal!



Abraços

Brain disse...

Começou pelo teu nick-name,
Passou pelo nome do teu blog,
Terminou no seu conteúdo.

Uma agradável surpresa em toda a linha.

Gostei de te ler, gostei deste espaço, tornar-me-ei assíduo.

Parabéns.

Beijo.

Rafeiro Perfumado disse...

Tens toda a razão, só nos devemos arrepender do que não fazemos. Tenho uma filosofia de vida que diz "errar é humano, persistir no erro é ser estúpido".

Um grande RAUF para ti!

Luis Pestana disse...

"arrependo-me sim do que não fiz"

Clássico....

Utzi disse...

Não posso estar mais de acordo. Gostei do teu espaço e das tuas palavras. Beijinhos :)

RPM disse...

um beijto de amizade

obrigado pela tua passagem no meu cantinho....

ROM

Fallen Angel disse...

E... não há nada que ainda possas fazer, quebrando assim o arrependimento?...

Bom fim de semana. Beijo-TE.

yohanan disse...

Se pudessemos passariamos a borracha em algumas coisas que fizemos, mas com elas aprendemos e somos o k somos hoje. è assim o ciclo da aprendizagem...

Yardbird disse...

"Sou água sou fogo! Sou pedra sou terra"...Do que resulta que és completa :-)
Gostei muito. Agradeço a visita e o tres-me facultado uma retribuição com a quual saio a ganhar
Beijiunho

Viola De Lesseps disse...

Estava numa de encontrar novos blogs. E acabei por entrar no teu. gostei muito...ou melhor estou a gostar muito...ai os erros...ainda bem que aprendemos com eles.

beijos

Lu@r disse...

Nunca te arrependas de viver a vida.

Estou a devorar as tuas palavras espero que não te importes.

É assim a minha Páscoa...ler-te...

:)

Beijo doce