.................d


20/09/2009


Começo a deixar de sentir a tua presença e mim.
Tento lembrar-me de como é o sabor do teu beijo, mas aos poucos a imagem torna-se turva.
Tento recordar a intensidade do teu abraço, e embora saiba que é bom, é algo que praticamente já não sinto.
Sinto-te como um quadro que uma vez vi, mas que aos poucos a imagem vai-se desvanecendo...
É como um livro.
Começamos a ler, viramos as páginas, a história prende-nos, vivemos a mesma, mas...como tudo na vida, existe um fim.
.
Isto tem o seu lado positivo, pois começo a perceber que a minha insistência em querer amar-te, não tem qualquer razão de ser, que estou pronta para abrir os meus olhos ao que me rodeia, e quem sabe, voltar a pegar num livro...e lê-lo!
.
.
(Som do Silêncio)
.
P.S. Durante uns tempos vou colocar os comentários moderados, pois estou cansada de ler comentários em japonês ou chinês!!
Quando acalmar, voltará ao normal!

13 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Amar não é querer amar...
O amor nasce do nada e entranha-se em tudo mesmo contra a nossa vontade...
Beijo.

Lurdes disse...

Por vezes, o melhor mesmo é meter o ponto final definitivo, no lugar que lhe está destinado.
Por mais que custe... por mais que doa...
A vida não recua, tal como a água não passa duas vezes debaixo da mesma ponte.
E ler um novo livro, poderá ser uma boa alternativa!

Beijo

▒▓█► JOTA ◄█▓▒ disse...

ººº
Bonito, sem dúvida... quem é o muso?

Ah... e tás convidada para um café.

Quanto ao teu PS de Post Scriptum alinho pelo mesmo diapasão, começo a ficar farto das chinocadas e a Blogger não diz nada.

Bjossss ;)

Dmon ! disse...

... agora tive um arrepio ! Como é possível escreveres tanto e tão certo sobre o que sinto e vivo actualmente ? :-)

Memória de Elefante disse...

Som do Silencio!

O que viveste, para sempre está eternizado na memória da alma...



Abraço

Memória de Elefante disse...

Som do silencio!
Bonito como comparas o Amor a uma tela, a um Livro.Sensiblidade impresionante!
Te confesso que me inquietou...


Abraço

→a' disse...

Olá. Obrigado pela visita, já há um tempito que te seguia atentamente. Escreves bem.
Concordo contigo, a música do Sting é divinal,gosto de o ouvir.
Tens um ABRAÇO para ti nos meus clips.
p.s. curioso. tens uma coisa no teu blogue que sempre quis por no meu e nunca consigo: é isso de depois de se fazerem os comentarios aparecer SILÊNCIOS e não comentários.Gostava que me explicasses. Se quiseres é obvio. bjito e boa semana.

Layara disse...

As vezes amamos e amamos, sem limites sem porteiras, sem travas, sem trancas, apenas amamos...
As vezes esse amor é apenas nosso e vivemos como se para ambos fosse e a imagem que fazemos desse "nosso amor", é apenas nossa, e com o tempo o amor vai perdendo a cor, pq era apenas nosso...
As vezes é assim.

Beijos do meu Horizonte!

Filipe disse...

Bom dia Som!

Depois de uns dias de ausência, aqui estou de novo.
Já tinha saudades em ler-te!
Quero dizer-te que achei muito sensual a tua nova imagem de apresentação.
Quanto ao teu post de hoje...bem Som, é um texto muito bem elaborado...mas tal como o endereço do teu blog diz, pode ser apenas uma história, uma verdade ou uma mentira, e cabe somente a quem te lê tentar enquadrar, certo? :)
Em relação à música, não poderia ser melhor. Foi com um prazer imenso que vi que conhecias esta banda (pouco conhecida entre nós). Fizeste uma escolha brilhante...

E que posso eu dizer de ti, Som?
Já me repito vezes sem conta, mas acredita que não me importo...
ADORO ler-te, ADORO o teu bom gosto musical, ADORO as tuas imagens.

Beijo em ti
Filipe

£åßi®iñtø disse...

Olá minha fada dos silêncios *.*

Primeiramente, AMO essa música.
Segundo, TU NÃO SE INTROMETEU EM NADA, tem todas as portas daqui sempre abertas, todas as chaves, toda a liberdade de dizer o que sentir, de ir e vir na graciosidade que teus passos tem. Será atenciosamente e carinhosamente lida, e compreendida. Sim minha amiga, preciso baixar a guarda, e como preciso...

Grata por me lembrar disso.
Mais agradecida ainda por ser quem és.

ENORME beijo, daqueles infinitos e recheado de carinho




→a' disse...

já enviei o mail para o somdosilencio@gmail.com, obg.

Edu disse...

Achas mesmo que sim ? que é melhor nao sentir essa presença? espero que sim
bjinho

Devaneios disse...

Olá Som, olho o seu blog com frequencia e hoje senti que suas palavras pareciam minhas , como podemos sentir coisas tão parecidas estando tão longes, melhor em continentes opostos.
Enfim faço das suas palavras meus sentimentos diarios.

Beijos