.................d


20/04/2009

.
Mais um dia que termina e o teu abraço não recebo...

Abraço que desejo mas que não peço, o beijo que anseio mas que não reclamo.

Sinto-te em mim sem estares, sorrio para ti sem me veres, ouço a tua voz sem me falares...mas sinto-te tanto!
.
E é neste estado de espera, que passa um dia, mais outro e outro, mas mesmo assim, não deixo de te desejar...

(Som do Silêncio)

18 comentários:

susaninha disse...

Essa espera que causa ansia alimenta esse desejo que quase queima...

Que um anjo te ilumine

Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Quem espera desespera...
Lê o meu fado desafinado, porque acho que não fazes parte daquele coro...
Boa semana, beijos.

martinha disse...

Sinto-te...!!!
Só sei que não te queria sentir assim...
Ah mas é verdade vou pensar neste sentido, ou seja, no nome deste espaço (historiaMENTIRAverdade).
;)) Ok?

Fica bem
martinha

Angel disse...

passei só para deixar um beijinho e tenho a dizer-te que este post está..Lindo...quem espera sempre alcança..assim espero que contigo aconteça..beijinhos Simpática...

Secretamente disse...

Adorei o teu post, está fantastico.
Fica bem.

Beijos

Jose disse...

Adorei a beleza das palavras simples.

Como sempre um poema de uma miuda apaixonada.

Um beijo

José

Ana disse...

Pedir para que?!
Quando se ama dá-se por antecipação...apenas pela ânsia de fazermos o outro feliz!

A.S. disse...

Não deixes
que nenhuma luz se apague
enquanto os olhos a pedirem...

Sentirás o desejo romper as trevas
como flores de luz
caindo incandescentes no teu corpo...


Beijos!

Dois Rios disse...

A ausência nada mais é do que a permanência do outro que se foi mas não se ausentou.

Beijo,
Inês

Moonlight disse...

E nessa espera e desejo ...acabamos por ter esperanças renovadas em nós.

Bj com luar

605 Forte disse...

Olá Som do Silêncio

Sabias que a Martinha, a tal relíquia que tanto elogiaste num post é ladra das palavras que tanto elogiaste no blog dela?


Experimenta vir aqui:

http://amor82.wordpress.com/


Sim, sou venenoso.
Por isso usem-me com moderação!

605 Forte disse...

O sentimento de culpa é fodido!

A Martinha fechou o blog!
Agora só é visitado por convidados!

Tu deves de ser uma das convidadas principais a assistir ás reliquias que ela tem roubado por aí!

Boa!

Sim, sou venenoso!
Usem, mas com moderação!

605 Forte disse...

Ó Martinha, se vieres aqui isto é para ti. Sabes que estou á espera que escancares as portas do blog para eu te elogiar até à exaustão com minha ironia?No fundo até admiro a tua reacção.É que geralmente os cobardes têm a fuga como a melhor aliada.

Sim, sou venenoso.
Usem mas com moderação.

605 Forte disse...

Martinha.
Deixa-me entrar.Deixa-me ler-te.Preciso ler-te.Sinto-te aqui.
Fazes-me bem meu anjo copiado.Arrepia-me.Abraça-me.Sou o teu 605 Forte.Quero-te. Agradece-me.Gosto tanto de ser elogiado com o teu fingimento.Leva-me.

Sou venenoso.
Consume-me com muita moderação.

605 Forte disse...

Som do Silêncio.
A Martinha está ausente e eu não tenho nada para ler a não ser as intruções que me escreveram no rótulo. Fui ler os postes clandestinos que meteste aqui no teu terreno pantanoso e quero avisar-te:
Se sentes o fulano em ti sem ele estar, se ouves a voz dele sem ele estar e se sorris para ele e ele não está digo-te que eu tenho o diagnóstico: Esquizofrenia.

E perguntas tu:

O que é?

Esquizofrenia é uma doença mental que se caracteriza por uma desorganização ampla dos processos mentais. É um quadro complexo apresentando sinais e sintomas na área do pensamento, percepção e emoções, causando marcados prejuízos ocupacionais, na vida de relações interpessoais e familiares.

Nesse quadro a pessoa perde o sentido de realidade ficando incapaz de distinguir a experiência real da imaginária. Essa doença se manifesta em crises agudas com sintomatologia intensa, intercaladas com períodos de remissão, quando há um abrandamento de sintomas, restando alguns deles em menor intensidade.

É uma doença do cérebro com manifestações psíquicas, que começa no final da adolescência ou início da idade adulta antes dos 40 anos.

Que fique aqui escrito que a fonte foi esta: http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?189

Som do Silêncio meu anjo, minha querida, minha doce, minha simpática, tens muito mais para ler neste site. Aconselho-te vivamente a que o faças.

Sou venenoso.
Usa-me mas com moderação.

605 Forte disse...

Foi um prazer passar por aqui.
Está na hora de me arrumarem na prateleira mais alta da dispensa.

Desenrosco toda a minha toxicicidade e verto-me corrosivo sobre todos os incómodos que possa ter causado.

Sou venenoso.
Usem mas com moderação.

Som do Silêncio disse...

Pois bem...

Para já, boa noite 605 Forte.
Fiquei admirada com tanto comentário seu, pois de facto não o conhecia.

Agora, sinceramente tenho pena é de duas coisas...
A primeira, é que fui ver o seu mail, e qual não é o meu espanto...não tem. Não tenho por hábito servir de pombo correio, e como tal ía escrever-lhe...mas...!!! Estranho...
Por norma, quem usa a blogosfera para "azucrinar" o pessoal, não costuma ter mail...! Estranho.
Mas tudo bem, se isso lhe dá gosto, força, continue.
Segundo, o pessoal que é abordado por comentários como os seus, ou os apaga, ou toma outro tipo de atitude, mas...meu amigo, não o vou fazer.
Se quiser pode continuar a escrever.

Ahhhhh, só mais uma coisa. Muito obrigada pela descrição da doença. Saber não ocupa espaço, e é sempre bom aprendermos algo mais.
Mas...penso que existe um pequeno engano...se me permite.
Se alguém aqui está com alguma doença...não creio que seja eu.
Já pensou moderar um pouco o 605 Forte que anda a tomar?

Despeço-me, agradecendo desde já as suas visitas, a porta estará sempre aberta.

Obrigada,
Som do Silêncio

605 Forte disse...

omeuveneno@gmail.com