.................d


24/10/2008


A vida é repleta de linhas que se cruzam entre si...

E é nas linhas da vida

Que procuro a minha...

Que tento entender o sentido da mesma...

E aprendo a viver com as que se cruzam comigo!




(Som do Silêncio)

7 comentários:

Pedro Branco disse...

No meu olhar repousa o perfume desta inquietação que semeia
Somos vagabundos em busca da nossa voz
E dos outros, de cada pedaço da nossa teia
Essa que se entrelaça sem princípio nem nós

Saberemos da ternura e do beijo?
Dos sonhos na palma da mão?
Da maré constante do suor e do desejo
Que nos dedos soam versos do coração...

Só Eu disse...

Equilibrio perfeito. Belissima imagem a suportar um poema lindissimo.
Gostei muito
BEIJINHOS

Reticências disse...

Entender o sentido dessas linhas...
por vezes é tão complicado...

bj

Sha disse...

Linhas. Dizem que as das mãos têm o nosso destino escrito...
E as do rosto...? Cada uma delas tem um nome, conta uma história!

E tu, Som, nestas curtas 5 linhas disseste tanto!

:)
Beijinho

Essência Pura disse...

"O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada, Caminhando e semeando, no fim terás o que colher." (Cora Coralina)

Sempre perfeito!!!

(Essa foto é belissima, se não me engano é do Fotografo Andre Brito, um profissional portugues da melhor qualdiade)

Beijos

Feliz Semana

Miriam

melgadoporto disse...

A vida é um labirinto por desvendar.
Por isso a nossa insistente ansiedade e angústia.
Ansiedade de o desvendar.
Angustia de nele encontrar o nosso sentido.
Como labirinto que é engana-nos.
Ou não!
A seu tempo saberemos…
:-)

Francis disse...

É nas linha da vida que me perco.
É nos cruzamentos dessas linhas que me encontro.
O sentido da vida? A alquimia? está algures num emaranhado que é permanentemente inacessivel ao comum dos mortais, mas alcançavel de forma ainda que provisória, e encontra-se algures num cruzamento. algures... cabe a cada um de nós procurar!
1 Beijo.