.................d


14/07/2008


Não vou resistir aos teus avanços...e consciente deixo-me levar!
Não vou impedir que entres na minha vida...e ternamente abro-te a porta!
Não vou barrar a tua entrada no meu corpo...e languidamente entrego-me!
Garantidamente não vou...
.
Mas definitivamente existe algo que nunca permitirei que leves...
A minha essência! O meu Eu!
.

(Som do Silêncio)

10 comentários:

MADRUGADA... disse...

o beijo!

O teu...
beijo.

Só Eu disse...

Perfeito!
Expressivo de tanto querer.
Gostei muito (aliás acho que cada vez gosto mais do que escreves...)
Beijinhos

Reticências disse...

Hummm...entregarmo-nos com tanta vontade, é bom demais.

mas porquê esse receio de que te levem a tua essência? se é ela mesma que atrai todos os que se aproximam de ti?

;)

FM disse...

As Essências devem sempre manter-se únicas, próprias, exclusivas. Nunca as percas, nuca a percas.
Beijos.

Trapezista disse...

A cumplicidade de um momento de entrega...

Beijo meu *cheio de ternuras

Trapezista

Moon_T disse...

o Eu é algo que nao se leva, nao se rouba nem se tira.
simplesmente se aceita ou nao



obrigado

poetaeusou . . . disse...

*
*
som do silencio
,
essência
a síntese do aroma
da natureza e . . . teu,
,
grato pelo teu poema,
,
irresistíveis conchinhas
,
deixo-te,
,
*

Wolf disse...

garantidamente.és TU..
garantidamente te leio
com ternura e amizade

e garantidamente
deixo-te um

beijinho muito especial e quero o teu sorriso

Wolf disse...

e mais outro


kiss

Azul disse...

Olá Amiga!!!

Quando se ama é assim...
Não colocamos impedimentos.

Excepto, como tu própria disseste: não se permite que nos levem a nossa essência.

Beijinhos para ti e bom fds
Azul