.................d


25/05/2008

Todos os meus sentidos estão enamorados e rendidos a ti

E para onde quer que vá...sinto falta de ti!

A vontade...a saudade toma conta de mim

Liberto-as...e deixo-as voar na tua direcção.


Quando estiveres deitado na tua cama

A olhar o sol a namora a linha do horizonte

Verás que algo se aproxima...está a planar!

É a minha alma transformada em ave

Que vai ao teu encontro...

Os meu braços são asas...

O meu cabelo as penas...

O meu corpo uma águia...

Recebe-me sem medos...e só te peço...

Aninha-me...acarinha-me...estarei junto a ti!



(Som do Silêncio)

19 comentários:

Baraújo disse...

prometo. quando estiver deitado ficarei atento. até deixo a janela aberta... sabe-se lá o que poderá entrar...

andas muito apaixonada... é bom... nestes ventos primaveris... fico feliz por isso.

beijo terno

Maria disse...

Tanto amor..... amor tamanho...
Muito bonito, SomdoSilêncio

Um beijo grande

Só Eu disse...

Chega a ferir o som deste silêncio.
Bravo pelo amor que sentes, bravo pela paixão.

Por entre o luar disse...

:) gostei... beijinho e sorrisO*

MirMorena disse...

Lindo teu amar, teu sentir...

Gostei

Bjuss de carinho

Feliz semana

DelfimPeixoto disse...

Gigante amor ... gostei

OUTONO disse...

Olhar a vidraça e ver um cristal brilhante...

Beijinho

Sha disse...

Voar... voar livremente!
Deixar que a paixão nos guie!
Tão bom!

Bjinho grande
Sha

coquin disse...

É um poema lindíssimo.. de cortar a respiração... Voa nas asas do Amor...

coquin disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Profeta disse...

Uma voz quebra o silêncio
Um espelho retêm a beleza
Vi com os olhos fechados
A fúria da minha incerteza

Fecham-se as janelas de poente
Este nevoeiro galga o pensamento
Uma semente solta num ribeiro
Corre no incerto de cada momento


Deixo-te uma doce acalmia


Mágico beijo

MADRUGADA... disse...

É toda essa luxúria
que nos faz deitar...
até tarde, muito tarde
Sem vontade,
de nos levantar(mos).

MIMO-TE disse...

Sensual, puro e doce.

Bjos e mimos

O Árabe disse...

... e mesmo na distância, estamos junto a quem amamos... :) Boa semana, Som.

Joseph disse...

Som do Silêncio
Olá

Gostei muito do teu poema!

Tendo saudades da pessoa que se ama, a melhor maneira de estar ràpidamente com ela é ir voando.
A maneira como o descreveste é pura, bela e carinhosa.
O amor também deve ser assim...

Brigado pela visita.

Beijos ternos;)**

(Linka-me. Tens 3 imagens no meu canto, com código, para o fazeres.)

impulsos disse...

Som do silencio
A imagem é a primeira coisa que salta logo à vista... é linda!
Depois o texto... e que texto!
A tua sensibilidade aqui bem presente e a transbordar de todos os teus poros...
Gostei demais, mesmo!

Beijo

Paula disse...

Belo poema!

Lindas palavras e lindos sentimentos!

Abraço

Fernando Rodrigues disse...

Simplesmente fantastico parabéns

bjs

raquel disse...

podes dizer-me de onde veio esta imagem, por favor? é belíssima!! obrigada