.................d


15/12/2007

...
Quando a saudade aperta
A solidão renasce
A dor floresce
...
As emoções elevam-se
Os pensamentos misturam-se
As palavras falham
...
A chuva acalma-me
O mar envolve-me
O cais...o meu poiso secreto...
...

Eu, o meu tempo, a minha história
O meu sentir, o meu querer
O eu saber...
Só assim faz sentido!
...


(Som do Silêncio)

17 comentários:

marias disse...

A Saudade!...
quando entra de mansinho
e nos invade
lembra-nos de ter saudade
do um tempo que já passou
mas que dá vida ao tempo
que há-de vir!...

Beijinhos

Maria disse...

O mar, o mar exerce um verdadeiro fascínio em nós.... porquê?
A mim acalma-me, e perco-me nele.
A ti, envolve-te....
Saudade e solidão, duas palavras que andam juntas e às vezes sabem tão bem.....

Beijinhos

MIMO-TE disse...

Oh Som,

Impressionante a tua flexibilidade na escrita :) isso só revela a facilidade que tens em deixar sair sentimentos, emosões, palavras....

Normalmente só temos saudade do que nos marcou positivamente e que já não temos, não é? Mas se foi bom, não tras solidão, nem dor... penso eu. :)

Beijo amiga e BFS

MADRUGADA... disse...

Agradeço à saudade a inspiração que te deu para escreveres este maravilhoso poema.

Beijo.

su disse...

Também tinha um cais, material e palpável, ao qual me recolhia quando me sentia nostálgica...à beira rio, vendo os cacilheiros ficava por ali horas perdida. Pensando, escrevendo...outros tempos...agorarecolho-me ao interior do meu ser, seja lá do que foor, desta consciência por vezes inconsciente e aí refugio-me de tudo e mais alguma coisa. Carapaça típica de caranguejo...
Quando as saudades aumentam, seja do que for, seja de quem for...como chocolate!
ehehehheh...

Ainda bem que o escreveste...resultou num belo e suave poema.

Beijos em fio aqui da Teia.

MIMO-TE disse...

Para te deixar mimos e desejar um Natal cheio de paz e tolerância!!!:)))

Gosto-te Som :)

Angel disse...

A saudade..a saudade...nãoi haverá muito mais a dier sobre ela...um beijinho Som do Silêncio que o teu domingo seja muito bom

Siala ap Maeve disse...

A saudade...
Do que já passou e marcou o presente em que nos invade...
Do que ansiamos num futuro, para toda a eternidade...
Bjos meus

O Árabe disse...

E o som do silêncio se impõe sempre... para que possamos ouvir a música da alma. :)

Mustafa Şenalp disse...

ÇOK GUZEL BİR SİTE

Fátima disse...

Olá Som do silencio!
Passei para te deixar uma estrelinha de Natal e os votos sinceros de ele te possa trazer um monte de coisas boas.
Muita emoçao, como se nota que vem de dentro tudo o que publicas, também eu sou assim, estou quase a entrar numa fase de uma grande reviravolta na minha vida.Nao esta a ser facil, nunca é facil, mas eu tento agarra-me com muita força a todas as coisa positivas que a vida nos dá e nao desistir nunca......
´´´´´´´´´´´¶
´´´´´´´´´´¶¶
´´´´´´´´´¶¶¶
¶¶¶´´´´´¶¶´¶
´¶¶¶¶¶¶¶¶´´¶
´´´¶¶´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶
´´´´´¶¶´Fô¶¶¶¶
´´´´¶¶´´´´´¶¶¶
´´´¶¶´¶¶¶¶´´¶
´´¶¶¶¶¶´´¶¶´¶´
´¶¶´´´´´´´´¶¶¶´


Deixo-te um beijo e um desejo de que tudo te corra pelo melhor!!!!

Azul disse...

Olá Linda Som!!!!

Quando a saudade aperta...
Faz doer a alma...

Sabes uma coisa?! ADOREI "esta saudade"...

Beijinho grande
Azul

lampâda mervelha disse...

Existe o sentido... guardam-se as mãos.

Floresce a noite... perdem-se as estrelas d'amores

Crescem os amantes... separam-se as dúvidas..

Gerlane disse...

A saudade, sentimento bem contraditório: a felicidade de ter alguém presente dentro de nós e, ausente de nossa companhia.
Belo e singelo poema!

Beijos!

Tó-Zé disse...

Ai a saudade.. leva tanto de nós..

Adorei essas doces palavras.

Beijinho

Rafeiro Perfumado disse...

Desafio respondido! Beijoca!

Brain disse...

SdS,

É MESMO assim:
"Só assim faz sentido"

E quantos não nos compreendem assim?

Beijo (já) saudoso.