.................d


06/07/2007

Poema


Se o meu beijo pudesse entrar na tua cama
Aconchegava-se no teu regaço quente
Espalharia o sabor doce de quem se ama
Para adormecer eternamente...
Porque eterno é o sono dos amantes
Porque eterno é o futuro do antes
Porque eterna é a fogueira que há em mim
Porque eterno é isto: não ter fim.
Se o meu beijo pudesse entrar na tua cama amanhã seria nunca...
(Poema de Pedro Branco)

11 comentários:

markus disse...

"Um bom poema deve-nos encantar!
Dar-nos a impressão... de sobre nós falar!..."

Parabéns pelo teu cantinho mt aconchente , força continua.

Maria disse...

"Porque é que às vezes eu gostava de escrever como tu escreves?

Oxalá o teu amanhã seja nunca..."

Foi este o comentário que deixei neste poema do Pedro. Ele é sentimento puro, emoção pura.

Beijo
(estou um pouco nervosa... por logo...)

Brain disse...

"Só"

Para deixar um beijo...

A.S. disse...

Um belissimo poema do Pedro Branco!!!



Um beijo e bom fim de semana...

o alquimista disse...

Será que o fogo que me assalto o peito, é deslumbramento, gerado de dor consentida ou apenas um vestido de rubra lava, tecido nas profundezas, liberto no meio da ilha?! Agitam-se as águas do tempo, aprisionado mar numa gota de sal azul, oceano de mil contradições, espesso aroma de brisa do sul.


Bom fim de semana


Doce beijo

poesiadaspiramides disse...

O amanhã sempre pode ser nunca ou a eternidade basta querer
**

Maria disse...

Se eu soubesse tinha ido também ontem.....
Para a semana não estou cá, e tenho pena....

"Emoção à flor da pele", foi o que deixei hoje de manhã no blog do Pedro.
Vou corrigir, porque não foi emoção à flor da pele, foram EMOÇÕES à flor da pele....

Amei, esta noite.

Beijo sem nervoso nenhum...

Azul disse...

Olá Som do Silêncio!

O Poema é lindo.

Beijo
Azul

M disse...

e ontem já era tarde!

impulsos disse...

O poema é um encanto e tu tiveste a brilhante ideia de o meter aqui no teu cantinho(onde fica lindamente), pois caso contrário... talvez nunca o pudesse ler.

Um beijo

£oµ¢o Ðe £Î§ßoa disse...

Nunca mais encontro uma cama feita, chego sempre atrasado!

Kiss per tê.
Até outro instante...

(apesar do poema ser encantador prefiro encontrar por aqui as tuas palavras)