.................d


20/07/2007

...

Num sopro coloco a minha mensagem...

Na minha mensagem existe a saudade...

Na saudade existem recordações...

Nas recordações existem momentos...

Nos momentos existe desejo e paixão...

No desejo e na paixão....fomos nós!

(Som do Silêncio)

12 comentários:

A.S. disse...

Acabadinho de chegar, venho deliciar-me com a sensualidade das tuas palavras e deixar-te o meu beijo...

DarkAngel disse...

Ola

Olha passei aqui uma vez e gostei do teu jeito de mostrares oque sentes.
Consegues mostrar muita beleza e sensualidade em poucas palavras...
Lindo,gosto muito de te ler.
Deixo te um
Beijo doce

Sandra disse...

Tão teimosas, as recordações!

Beijinho

rui disse...

Olá

Neste teu lindo poema, adorei a suave progressão até ao climax final..."fomos nós!".
Lindo.

Que tenhas um fim-de-semana cheio de bons imprevistos!

Beijinho

lampâda mervelha disse...

Foram.... oh... foram...

Sentido!

Sha disse...

Vim deixar um beijo fofo...

(e avisar que mudei de casa)

;)

Entre linhas... disse...

Num leve sopro existe a subida de uma escalada que atinge o seu culminar..
Bom fim de semana
Bjs Zita

Vieira Calado disse...

Tomo-a por uma imagem de pureza.
Bom fim de semana.

A.S. disse...

Tudo começa num sopro... ou num beijo!

POETA VAGABUNDO disse...

bem que falar destas tuas palavras...sentidas...
beijo vagabundo

Azul disse...

Olá Linda!

É... num sopro quase divino desperta um desejo e uma paixão. E... num sopro pode terminar a mesma. Mas pelo meio ficam as saudades, as recordações, os momentos que se vivem, e esses... não existe sopro que os tire de nós.

Beijinho
Azul

Ninas disse...

Revejo-me em todas as palavras. Só tenho pena que o verbo ser seja utilizado no passado ...