.................d


26/06/2006

O que se passou.....

Como tinha escrito no último post, ontem foi um dia muito, mas mesmo muito complicado para mim....
Já há bastante tempo que eu sabia que o meu filhote iria partir em viagem de férias, e durante todo esse tempo andei bastante nervosa e apreensiva com a situação.
Os dias iam passando, e os nervos cada vez mais activos.
Calhou tudo ao mesmo tempo...
No início da semana ele teve o dia de turma, onde passou um dia fora....
Depois, foi o aniversário dele ( fez 12 anitos )....e no final da semana era o tal dia...

Após uns dias sem pregar olho, mais ou menos umas 4 noites sem dormir, ontem chegou o dia....
Tentei, juro que tentei mostrar-me o mais natural possível....mas....
Ele desde a noite anterior que se mostrava um pouco ansioso, afinal de contas, ía de férias para um país diferente, ía fazer uma viagem grande. Eu sempre a dar força, mas só eu sei como estava por dentro.
Ontem....no aeroporto, nem consigo bem descrever o que senti.
Desde que ele nasceu, nunca se tinha separado de mim. Ok...aquelas férias que ele já tinha feito, com os primos onde se ausentou 3 semanas, mas havia o telefone, e em caso de algo mais grave, existia sempre uma auto estrada e em pouco tempo eu conseguia estar com ele...! Agora era tudo diferente...
Ele só me dizia "Mãe, não estejas triste! Afinal de contas, só vou mudar de continente, de hemisfério....de país. Vou estar no outro lado" pois...como se isso fosse já ali....
Senti um turbilhão de emoções. Afinal, o meu menino ía ficar longe de mim, por um lado eu estava contente....mas pelo outro....bem, não consigo descrever bem o que senti.
Quando chegou a hora....e me apareceu a hospedeira na frente, senti o chão fugir-me dos pés...
Tremi tanto....
Fiz um esforço brutal, mas as lágrimas não se fizeram de rogadas e começaram a cair.
Não consegui controlar. O meu filhote só dizia " ohhhh mãe, não chores"...." não é nada filhote, apenas entrou-me uma coisa para o olho"...." Mãe, vá lá...."...." Ohhhh filhote, são apenas as saudades que já se estão a manifestar, não te preocupes".
Bem, após beijos....abraços....a hospedeira diz " vá mãe, não é preciso ficar assim" - só me apeteceu mandar a dita senhora à merda. Como pode ela dizer aquilo? Eu sei que elas já estão habituadas a situações dessas, mas " não é preciso ficar assim"???? Porra, era o meu filho que estava ali. Como se costuma dizer, com o dos outros podemos nós bem, mas era o MEU!!!!
Só sei, que quando ele se virou e foi ao lado dela....deixei de o ver....e aí, já não havia nada a fazer.
Chorei....chorei.....chorei!
Saí de aeroporto.....chorei. Ao vir no carro.....chorei.
Sentia um aperto tão forte....uma dor tão grande...
Sabia que só umas largas horas mais tarde poderia saber dele....
Foram horas terríveis. Doeu bastante.

O resto do dia foi passando, e agradeço do fundo do coração aos amigos que me rodearam.
Não é só nas melhores alturas que eles aparecem, e ontem consegui ver isso mais uma vez.
O carinho e a amizade demonstradas ficaram sempre guardadas em mim.
Foram AMIGOS!

Já a noite ía longa, completamente estoirada (dias sem dormir, as emoções que senti), consigo finalmente ouvir a voz do meu filhote.
Tinha aterrado!!!! Só ouvir a voz dele me emocionou....
" Filhote....então? Que tal a viagem? "...." Foi rápida mãe" !!! ( tinha estado imensas horas lá em cima....)
Só descansei realmente....quando de madrugada, consegui ver o meu filho!
Lá estava ele, com aquele sorriso que me deixou de rastos. Fazia adeus....mandava beijinhos.
só me apeteceu entrar pela web dentro....
Conversámos, brincámos.....e claro, ficou combinado falarmos todos os dias.
Disse para ele ir dormir, a carinha dele mostrava bem o cansaço que ele tinha....
" Vai dormir filhote, amanhã falamos. Agora só tens que te divertir. Amo-te muito! "
E assim foi....
Agora, só espero que ele se divirta bastante, mas....a dor cá dentro, não nego, está sempre a dar sinal de vida.

(Som do Silêncio)

14 comentários:

Filipe disse...

Mãe sofre... oh se sofre! Sofrer por tanto se amar... é lixado!
Por certo nem deves er tempo de sentir sequer saudades... tudo o q demais sentes será bem mais forte q essa enorme saudade!
É mais uma etapa de «habituamento» (se é q tal é possivel) a uma lei da vida... a crescente independencia dos seres... nao querendo dizer q não estejam pra sempre ligados! Há laços q jamais se quebram... a independencia começa logo ali, aquando do corte do cordão umbilical... aos poucos vai dando os seus sinais... mas... ha sempre laços que a distancia... a ausencia... a presença... tudo o q a vida nos trouxer... jamais podem quebrar!
Por tudo isto... mãe sofre... ate mesmo qd a alegria dos que mais ama... é o sentimento que impera!
:) * (força nisso)

M&M disse...

Sem ser mãe consegui perceber tao bem o que sentiste... fiquei com o coraçao apertadinho... mas vais ver que vai correr tudo bem e o teu filhote vai estar bem juntinho de ti...

Força...

Teresa disse...

Eu sei bem o que sentiste na hora do adeus, quando fui levar a raquel ao aeroporto para ela ir para frança eu parecia um bebe a quem tinham tirado o chupa, e enquanto nao ouvi a voz dela eu nao sosseguei, ainda por cima houve um atraso no voo, eu a ver as horas passar e sem noticias dela, ate para o aeroporto frances eu liguei, senti uma angustia tao grande, um sufoco, uma ansiedade, nao ha palavras para descrever o que senti, mas temos que pensar que são oportunidades unicas para eles de conhecerem nossos paises e novas pessoas, e vais ver que o tempo vai passar a voar, e qualquer coisa ja sabes... mi liga.

Beijus
A tua mana

sonhador disse...

É sempre duro ver um filho partir.
Para as mães, é como se parte de vocês seguem com os filhos.

Eu sei disso.

Quando, mais novo, fazia alguma viagem para fora, custava-me, sempre, separar-me da minha Mãe, da minha fonte de apoio, da minha melhor AMIGA.

Verás que ele volta depressa para os teus braços.

Gostei do blog.
Virei cá mais vezes.

manuel disse...

Mãe, comoveste-me mãe .Descreveste tão bem!
Boa sorte para o filhote lá longe e para a mãe que aqui estremece por amor tão natural.
Força amiga.

pekika disse...

ó melher.. tu anima-te! Eu na disse nada ke já sabia ke tu devias tar mais apertada ke uma fava dentro da panela!

Melher tu pensa só nas coisas kele te vai contar qdo voltar. Kem sabe.. ás tantas... lol

Tu anima-te melher ou inda vou aí dar-te nas fucias!

Beijokassssssssssssssss ;)

RPM disse...

pois é!!!

é a vida...e as coisas do tempo moderno....são assim

um beijo de amizade e tudo de bom

RPM

Caçadora_de_sonhos disse...

Deixa que depressa o tens de volta aos teus braços...pensa nos miminhos que vão vir.
Vais ver que passa muito rápido o tempo.
Força.
Beijocas

Louco de Lisboa disse...

Vês...?
EMOÇÕES!!!

Tudo o que tu e ele estão a sentir fortalece a vossa relação...
São etapas novas na vossa vida.
Estradas que se criam, laços que se apertam...

Sempre entendi que é preferivel ter emoções, mesmo dessas porque passas, que não as ter de todo.

EMOÇÕES!!!

Bem... falar/escrever não custa, vou embora!

Beijo, até outro instante...

andre rodrigues disse...

São férias mamã... o filhote vai voltar para dar o abraço e o beijo à mãe que deixou deste lado e que tanto sofre com a ausência :)

Beijinhos... hoje mais do que muitos... para alegrar esse coraçao tristinho :)

tb disse...

Vá miga, o filhote foi mas voltará. Ele tem 12 anitos, está na hora de o ires deixando soltar. Sei por um saber de experi~encia feito....gostei da forma como aqui descreveste as emoções
beijinhos

BEIJA disse...

No dia que o filhote entrar lá em casa de mão dada com a futura nora, a miúda leva com a vassoura na cabeça.
:o)

Lembrei-me de um conto que li em tempos de uma senhora que fez tudo para salvar o filho, no fim quando perguntaram porquê tinha sofrido assim, a resposta foi: "Sou mãe".

Gostei...

Pekika disse...

Ao menos é ca vassoura! Se eu a conheço bem até pensei sempre ke a mecita levasse ca mobilia tda lol !!

ó Sr Beija, você na tem utero na comenta tá ?? lol
Mania kestes tipos têm lol

ó mãe da criança, eu só espero ke tu já tejas melhor e mais sossegada. Afinal o mecito foi só descobrir o mundo feminino num País de bundas pá... kal é o male ?? lol

Beijokasssssssssssssss

escorpiaotenhoso disse...

Olá, espero que com o passar dos dias as saudades já não doam tanto. Também tenho uma menina, um pouco mais velha que o teu, e que vive comigo, e entendo muito bem as tuas emoções... E eles não podem ser sempre pequeninos... Era bom, não era....

ET